quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Texto do Rui Zink in "Jornal Metro" / Text of Rui Zink in "Jornal Metro"

O que Sempre Soube das Mulheres, mas tive de perguntar à mesma...

Tratam-nos mal, mas querem que as tratemos bem.
Apaixonam-se por serial-killers e depois queixam-se de que nem um postalinho.
Escrevem que se desunham.
Fingem acreditar nas nossas mentiras desde que tenhamos graça a pregá-las.
Aceitam-nos e toleram-nos porque se acham superiores. São superiores.
Não têm o gene da violência, embora seja melhor não as provocarmos.
Perdoam facilmente, mas nunca esquecem.
Bebem cicuta ao pequeno-almoço e destilam mel ao jantar.
Têm uma capacidade de entrega que até dói.
São óptimas mães até que os filhos fazem 10 anos, depois perdem o norte.
Pelam-se por jogos eróticos, mas com o sexo já depende.
Têm dias. Têm noites.
Conseguem ser tão calculistas e maldosas como qualquer homem, só que com muito mais nível.
Inventaram o telemóvel ao volante.
São corajosas e quando se lhes mete uma coisa na cabeça levam tudo à frente.
Fazem-se de parvas porque o seguro morreu de velho e estão muito escaldadas.
Fazem-se de inocentes e (milagre!) por esse acto de vontade tornam-se mesmo inocentes.
Nunca perdem a capacidade de se deslumbrarem.
Riem quando estão tristes, choram quando estão felizes.
Não compreendem nada. Compreendem tudo.
Sabem que o corpo é passageiro.
Sabem que na viagem há que tratar bem o passageiro e que o amor é um bom fio condutor.
Não são de confiança, mas até a mais infiel das mulheres é mais leal que o mais fiel dos homens.
São tramadas. Comem-nos as papas na cabeça, mas depois levam-nos a colher à boca.
A única coisa em nós que é para elas um mistério é a jantarada de amigos – elas quando jogam é para ganhar. E é tudo. Ah, não, há ainda mais uma coisa. Acreditam no Amor com A grande mas, para nossa sorte, contentam-se com pouco.


What Women always knew, but I had to ask the same ...


They treat us badly, but they want to treat them well.
Fall in love with serial killers and then complaining that no one postalinho.
Desunham write it.
Pretend to believe lies in our favor if we have to nail them.
They accept us and tolerate us because they feel superior. Are superior.
They have the gene for violence, although it is better not to provoke.
Forgive easily but never forget.
Drink hemlock for breakfast and dinner honeycomb.
They have an ability to deliver it hurts.
Mothers are great until the children are 10 years after losing the north.
Pelamis is in erotic games, but now depends on sex.
There are days. They nights.
Can be as calculating and vicious as any man, but with much more level.
Invented the phone while driving.
They are brave and when he puts them on something to take it forward.
They are silly because of the safe than sorry and are very scalded.
They are the innocent and (milagre!) for this act will become even innocent.
Never lose the ability to dazzle.
They laugh when they're sad, cry when they are happy.
They do not understand anything. They understand everything.
Know that your body is fleeting.
They know that the trip must be addressed and the passenger and that love is a good conductor.
They are not reliable, but even the most unfaithful women are more loyal than the most faithful of men.
Are plotted. They eat them wipe the floor, but then lead us to reap the mouth.
The only thing is that we have for them is a mystery dinner party of friends - when they are playing to win.
That is all. Oh no, there is one more thing. Believe in Love with a big but, luckily, are content with little.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...